Sala de Imprensa

Press releases, informações de contato e recursos para a imprensa.

Último press release

September 12, 2018

Protestos globais desafiam políticos, empresários e investidores a abandonarem os combustíveis fósseis na Cúpula Global de Ação Climática

São Francisco, Califórnia (EUA) – Enquanto políticos, empresários e investidores se preparam para o início da Cúpula Global de Ação Climática, que acontece nesta quarta-feira (12/09), em São Francisco, na Califórnia, ativistas climáticos já definiram as ações que devem ser adotadas: acabar com o uso de combustíveis fósseis e adotar uma transição imediata e justa rumo a energias 100% livres, limpas e renováveis para todos.

Essas demandas foram ouvidas em alto e bom som no último sábado (08/09), durante a mobilização global “Una-se pelo Clima”, que contou com 900 ações em 95 países, incluindo uma marcha de 30 mil pessoas nas ruas de São Francisco. Espalhados pelo planeta, de Paris às ilhas Fiji, os eventos foram organizados em torno de uma reivindicação central: abandonar o uso de combustíveis fósseis.

“O novo marco da liderança climática é o fim dos combustíveis fósseis”, afirmou a Diretora Global de Programas da 350.org, Payal Parekh. “Já passamos da fase de promessas vagas e de longo prazo. As pessoas querem ver planos reais e tangíveis de como governos, empresários e investidores vão acabar com o uso de combustíveis fósseis e acelerar uma transição justa e equitativa rumo às energias renováveis e livres. A Cúpula de Ação Climática precisa entregar resultados, não retórica.”

Desafiar o poder da indústria de combustíveis fósseis tornou-se a principal prioridade de grupos como a 350.org, que lideram as mobilizações climáticas. Nos últimos anos, a organização teve como foco a paralisação de megaprojetos como a construção do oleoduto Keystone XL, nos Estados Unidos; as minas e portos de carvão da Adani, na Austrália; a extração de carvão a céu aberto, na Alemanha; e os planos de construção de uma usina de carvão nas ilhas Lamu, no Quênia, em um local considerado Patrimônio Histórico da Humanidade pela UNESCO.

“Nosso objetivo é construir uma mobilização popular que possa impedir o desenvolvimento de projetos de combustíveis fósseis em qualquer lugar do planeta”, afirma a Diretora-executiva da 350.org, May Boeve. “Trabalhamos com milhares de grupos em todo o mundo que estão na linha de frente dessa batalha, e o movimento cresce a cada dia. Na Cúpula Global de Ação Climática, queremos ver o comprometimento de políticos, empresários e investidores em prol da nossa luta”, completa.

A 350.org também empregou a estratégia do desinvestimento para combater a indústria dos combustíveis fósseis. Na segunda-feira, em parceria com a Divest-Invest, a organização divulgou um relatório com os números mais recentes de desinvestimento em combustíveis fósseis e lançou um novo desafio aos investidores. O movimento garantiu o comprometimento de mais de 950 instituições, que representam um capital de $6,4 trilhões de dólares.

No último ano, o mundo assistiu a compromissos assumidos pela Irlanda, capital financeira mundial, pela cidade de Nova York e por grandes organizações da área da saúde como a American Medical Association. Agora, o movimento desafia os investidores a desinvestir mais de $10 trilhões de dólares até 2020 e exige daqueles com envolvimento acionário que obtenham resultados ou desinvistam.

“Se você ainda financia os combustíveis fósseis, você é parte do problema”, afirmou o Analista sênior da 350.org, Brett Fleishman. “Durante a Cúpula, queremos ver investidores apresentando planos objetivos de desinvestimento em combustíveis fósseis e de investimento em soluções para o clima. Já ficou provado que o envolvimento em ações da indústria é um caminho sem saída. Isso somente permitiu à indústria maquiar de forma verde suas operações enquanto seguia desenvolvendo os mesmos planos destrutivos de sempre. O desinvestimento é o único caminho responsável.”

Ao longo da semana da Cúpula Global de Ação Climática, a 350.org e seus aliados continuarão a exigir o fim do uso de combustíveis fósseis. Na quinta-feira (13/09), protestos no entorno da Cúpula serão realizados com o objetivo de pressionar o governador da Califórnia, Jerry Brown, a abandonar novos projetos de combustíveis fósseis no estado norte-americano. Na sexta-feira (14/09), a 350.org faz um encerramento da semana de atividades com um show, promovido pela organização Pathways to Paris, que terá a participação de Patti Smith, Bob Weir, Flea, Bill McKibben, entre outros nomes.

“Sempre soubemos que a liderança climática deveria vir das bases”, conta Boeve. “Neste fim de semana, pessoas de todo o mundo exigiram um futuro livre de combustíveis fósseis. Agora é a hora daqueles que tomam as decisões responderem a esse clamor. Estaremos lá pressionando para que eles tomem todas as medidas necessárias”, completa a Diretora-executiva da 350.org.

###

ContatOs

Internacional:

Hoda Baraka
Diretora de Comunicação Global, 350.org
hoda@350.org
+201001 – 840990
Cairo, Egito

América Latina: 

Nathalia Clark
Coordenadora de Comunicação da América Latina, 350.org
nathalia@350.org
+55 61 991371229
Brasília, Brasil